Todos os países
Mergulho e mar azul transformam Arraial do Cabo no 'Caribe carioca' — Novidades e fotos no AllBiz Brasil
Todas as seções
All.BizBrasilNotíciasTransporteMergulho e mar azul transformam Arraial do Cabo no 'Caribe carioca'

Mergulho e mar azul transformam Arraial do Cabo no 'Caribe carioca'

29  De 2011 06:37 | Transporte

O mar azul dá as boas-vindas a quem chega a Arraial do Cabo, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro. A cidade a 140 km da capital recebeu o apelido de "Caribe carioca", por causa dos mais de 30 pontos propícios à prática do mergulho. Ao fundo das águas transparentes, se esconde uma infinidade de corais, tartarugas marinhas, estrelas do mar, além de dezenas de espécies de peixes coloridos, arraias pintadas, moreias e baiacus de espinho.

Os marinheiros de primeira viagem ansiosos para desbravar o universo subaquático devem optar pelo batismo - prática indicada para quem não fez curso de mergulho. Nessa modalidade, um instrutor acompanha individualmente a aventura embaixo do mar. Diversas agências oferecem o passeio, que custa entre R$ 135 e R$ 180.

Na Praia dos Anjos é onde se concentra grande parte das operadoras de mergulho. É de lá que partem as embarcações, que ficam ancoradas na Marina dos Pescadores. É obrigatório o pagamento de uma taxa municipal de R$ 3 por pessoa, para o embarque em barcos ou escunas.

O casal Wesley Vieira e Daniella Gallo saiu de Sorocaba, no interior de São Paulo, para ser "batizado" no mar de Arraial do Cabo. A viagem de barco até o ponto de mergulho leva cerca de 30 minutos. Durante o trajeto, eles foram orientados pelo instrutor sobre os sinais de comunicação debaixo d´água, técnicas de segurança e de compensação nas vias aéreas.


Após o minicurso chega o momento de vestir o macacão térmico, que isola o corpo das águas geladas, além de botas, nadadeiras, máscara, snorkel, colete e cilindro com ar atmosférico comprimido. Toda a parafernália é necessária para a segurança debaixo do mar. O mergulho dura de 40 a 50 minutos. Um fotógrafo subaquático acompanha todo o passeio.

Casamento debaixo d´água
O engenheiro Paulo Lopes, 52 anos, se encantou pela atividade e há 15 anos abandonou o emprego público, para virar professor de mergulho em Arraial do Cabo.


Ele diz que já realizou ao menos cinco casamentos embaixo do mar. "Todo ano, vários padres buscam os cursos de mergulho, porque aumenta cada vez mais a demanda por casamentos embaixo do mar. É muito especial, um cenário fantástico, com peixes coloridos e espécies raras da fauna e flora marinha cercando os noivos e convidados", falou Paulo.

No mergulho é proibido tocar nos animais, assim como retirar conchas e corais. "Em primeiro lugar, temos que pensar na preservação ambiental. Outra dica é que quando o animal é tocado, ele foge. Então, se você não tocar, o animal nada ao seu lado", ressalta o professor, acrescentando que o mergulho é indicado para pessoas acima de 12 anos. A atividade não é recomendada para quem esteja gripado ou sofra de sinusite crônica e claustrofobia - aversão a lugares fechados.


A paixão de Paulo pelo mar é tanta que ele já se aventurou por águas muito mais geladas. No início de 2011, ele participou da expedição no barco Paratii, em companhia do navegador Amyr Klink, na Antártica.

Praias de Arraial do Cabo
As belezas de Arraial do Cabo não são restritas ao fundo do mar. As praias da cidade são uma atração à parte, com vegetação de restinga, composta por cactos e mato rasteiro.

No roteiro de viagem não pode faltar uma visita à Prainha, Praia Grande, Praia do Forno e ao Pontal do Atalaia, região com mirantes, que garantem um visual panorâmico da cidade. No fim da tarde, casais e grupos de amigos se reúnem para contemplar o por do sol no local.

Arraial do Cabo é uma pequena cidade, com cerca de 40 mil habitantes. O acesso pode ser feito de carro, através da Via Lagos, de ônibus, partindo da Rodoviária Novo Rio, ou de vans, saindo da vizinha Cabo Frio, o principal município da Região dos Lagos.

Em Arraial há opções de pousadas com preços mais acessíveis. O valor da diária varia de R$ 150 a R$ 400, dependendo da hospedagem e da proximidade com o mar. A cidade vive essencialmente do dia, sem grandes atrações à noite. Mas na alta temporada ainda é possível encontrar bares e restaurantes abertos após a meia-noite, principalmente na Praia dos Anjos, Praia

Fonte:  G1

Notícias da rubrica: Transporte

Compare0
LimparPosições escolhidas: 0